Iniciativas de Campina Grande tentam aumentar o número de árvores da cidade

o número de árvores da cidade
Fonte: Pexels

Atualmente, não existem mais dúvidas acerca do conjunto de benefícios que os espaços arborizados podem trazer para a saúde humana. Contudo, devido ao processo contínuo de urbanização, as cidades do país estão perdendo cada vez mais as suas vegetações em prol da construção de casas e edifícios.

Para contornar essa tendência de desmatamento da vegetação local, a cidade de Campina Grande, no estado da Paraíba, tem patrocinado diversas ações sociais com o intuito de ampliar a quantidade de árvores da região e conscientizar os moradores sobre a importância da preservação ambiental. De acordo com dados oficiais, Campina Grande possui cerca de 400 mil moradores, e antes dessas ações serem implantadas, o número aproximado de árvores na cidade era de 100 mil. Com isso, a proporção era de uma árvore a cada quatro habitantes, um índice bem abaixo do desejado, que seria de uma árvore para cada dois habitantes.

Através de suas iniciativas para alcançar o índice ideal, o governo tem instruído a população não apenas sobre o papel das árvores em manter o ar mais limpo e agradável, mas também em como essas áreas verdes são essenciais para o controle do aquecimento global. Se cada pessoa assumisse o compromisso de plantar uma árvore a cada 100 horas que passam jogando jogos de cassino online ou assistindo a filmes, por exemplo, a situação atual do planeta seria muito mais confortável.

Conheça mais sobre essas ações sociais

O projeto pioneiro da cidade em apoio a essa causa foi o “Adote uma Árvore“, o qual existe desde 2007 e foi uma iniciativa da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Nele, estudantes e professores se envolvem ativamente em mutirões de plantio e organizam palestras e eventos de capacitação sobre o tema, além de distribuírem mudas gratuitas de espécies de árvores nativas da região.

Logo depois, outras iniciativas como “Habite-se Ecológico” e “Minha Árvore” também foram criadas, em parceria com as secretarias municipais, com o intuito de incentivar o plantio de árvores e ainda auxiliar no controle da quantidade de mudas plantadas e também nas condições dessas mudas, tendo o cuidado de garantir que elas possam crescer em um ambiente apropriado.

Algumas dessas ações se estenderam para as escolas primárias de Campina Grande, para assim conseguir ensinar as crianças desde a infância sobre o cuidado com as árvores e como as mesmas precisam ser preservadas de forma constante para que todos possam viver com mais saúde e qualidade de vida.

Exemplos bem-sucedidos pelo mundo

Além de Campina Grande no Brasil, algumas outras cidades mundo afora também estão se tornando referência no plantio de árvores e na expansão de áreas verdes. Um dos exemplos mais famosos é Nova York, que para reduzir suas emissões de gases poluentes e melhorar a qualidade do ar, afirmou o compromisso de plantar nada menos que 1 milhão de árvores no intervalo entre os anos de 2007 e 2017. Esse objetivo foi abraçado pela população local e o esforço coletivo dos nova-iorquinos possibilitou que a meta fosse alcançada dois anos antes do previsto.

Outro caso de sucesso é Toronto, no Canadá, onde o equivalente a seis milhões de metros quadrados de áreas abandonadas, contaminadas ou mal aproveitadas foram recuperadas pelo governo e convertidas em áreas arborizadas.